segunda-feira, 23 de março de 2009

ANGELOLOGIA - PARTE 2



XI.SATANÁS

a) Etimologia

- Hebraico: sätän: adversário
- Grego: satanás: caluniador ou acusador

- Sua origem é descrita pelos profetas Isaías e Ezequiel (Is 14 e Ez 28).

b) Nomes e títulos

Adaptado de Paul Enns, The Moody Handbook of Theology (Manual de Teologia Moody) – Chicago: Moody Press, 1989 – p. 293

i) Satanás: literalmente significa adversário (1Cr 21.1; Jó 1.6; Mt 4.10; Jo 13.27; At 5.3; At 26.18; Rm 16.20).

ii) Abadom: termo hebraico que significa “destruição” ou “ruína” (Ap 9.11).

iii) Acusador de nossos irmãos: opõe-se aos crentes diante de Deus (Ap 12.10).

iv) Adversário: opositor (1Pe 5.8).

v) Anjo do Abismo: (Ap 9.11).

vi) Antiga Serpente: enganador do Éden (Ap 12.9; 20.2).

vii) Apoliom: destruidor (Ap 9.11).

viii) Assassino: (Jo 8.44).

ix) Belzebu: o senhor das moscas (Mt 12.24).

x) Belial: imprestável (2Co 6.15).

xi) Deus deste mundo: (2Co 4.4).

xii) Diabo: caluniador, acusador (Mt 4.1; Lc 4.2; Ap 20.2).

xiii) Dominador deste mundo tenebroso: Satanás juntamente com uma multidão de demônios (Ef 6.12).

xiv) Espírito que atua nos filhos da desobediência (Ef 2.2)

xv) Grande dragão vermelho: Criatura destruidora (Ap 12.3,7,9)

xvi) Inimigo: Opositor (Mt 13.39; Mt 13.28; 1Pe 5.8)

xvii) Maligno: Intrinsicamente mau (Mt 13.19,38; Mc 4.15)

xviii) Mentiroso: Perverte a verdade (Jo 8.44)

xix) Príncipe deste mundo: Governa no sistema do mundo (Jo 12.31; Gn 3.4,14; 2Co 1.3)

xx) Serpente (Jo 12.31)

xxi) Tentador: Incita as pessoas à pecar (Mt 4.3; 1Ts 3.5)

à Ele é mencionado de diferentes maneiras 177 vezes na Bíblia

c) Descrição

i) Sutil (Gn 3.1)
ii) Provocador (1Cr 21.1)
iii) Senhor dos reinos e da glória do mundo (Mt 4.8)
iv) Cheio de todo engano e de toda malícia, inimigo de toda justiça, aquele que perverte os retos (At 13.10)
v) Tem poder, sinais e prodígios (2Ts 2.9)
vi) Pecador desde o princípio (1Jo 3.8)
vii) Sedutor de todo o mundo (Ap 12.9)
viii) Aparece como anjo de luz (2Co 11.14)
ix) Conduz seus seguidores (1Tm 5.15)
x) Seus filhos são chamados de joio (Mt 13.38)

d) Atividades

i) Incitar (1Cr 21.1)
ii) Passear pela terra (Jó 1.7)
iii) Causar enfermidades físicas (Jó 2.7)
iv) Cegar pessoas (Lc 13.16)
v) Cegar espiritualmente (2Co 4.4)
vi) Lançar dardos inflamados (Ef 6.16)
vii) Impedir (1Ts 2.18)
viii) Condenar e prender (1Tm 3.6,7)
ix) Procura devorar (1Pe 5.8)
x) Exemplos específicos (Gn 3.15; Mt 4.1; Lc 22.31; Jo 13.2,27; At 5.3 e Ap 2.10)

e) Limitações

i) Deve receber permissão de Deus (Jó 1.12)
ii) Pode ser resistido (Tg 4.7)
iii) Pode ser vencido (1Jo 2.13)
iv) Vencido pelo sangue do cordeiro (Ap 12.11)
v) Não pode tocar os que são nascidos de Deus (1Jo 5.18)

f) Destino

i) Esmagado (Gn 3.15)
ii) Esmagado pelo Deus de paz (Rm 16.20)
iii) Seu poder da morte destruído por Jesus (Hb 2.14)
iv) Suas obras destruídas pelo filho de Deus (1Jo 3.8)
v) Preso por mil anos (Ap 20.2)
vi) Lançado no abismo (Ap 20.3)
vii) Solto para seduzir as nações (Ap 20.7,8)
viii) Lançado no lago de fogo (Ap 20)
ix) Julgado por Deus (Jo 16.11)

g) Por que Deus o tolera neste mundo?

i) Para desenvolver o caráter do cristão, e bem assim, a sua fé. (Lc 22.31 e Rm 8.28)

ii) Prover um conflito, para que os santos possam ser vencedores e receber recompensa. (Jó 1.2; 1Jo 2.13; essa vitória não será de nós mesmos 1Jo 4.4; 2Co 12.7,8)

iii) Demonstrar nos decaídos seres humanos que o poder de Deus é muito maior do que o poder de Satanás.

Material de auxílio – O Reino de Deus e o Reino de Satanás (Bíblia de Estudo Pentecostal – página 1453 - CPAD)

XII – DEMÔNIOS

Foram os anjos que caíram com Satanás, estão divididos em dois grupos:
- Um que atua em oposição ao povo de Deus (Ap 16.14)
- E outro que está confinado na prisão (2Pe 2.4; Jd 6)



a) Etimologia

Grego: daimon/daimonion: espíritos caídos.

b) Descrição

i) Os demônios têm personalidade, pois Jesus dialogou com eles, interrogou-lhes e dos mesmos recebeu respostas. (Lc 8.26-33)
ii) São dotados de grande inteligência. (Mc 1.24; Tg 2.19)
iii) Têm sua própria doutrina. (1Tm 4.1-3)

c) Atividades / Obras

i) Procuram frustrar o plano de Deus (Dn 10.10-14)
ii) Causam enfermidades (Mt 9.33; Lc 13.11-16)
iii) Promovem falsas doutrinas (1Tm 4.1)
iv) Influenciam nações (Is 14; Ez 28; Dn 10.13; Ap 16.13,14)
v) Possuem incrédulos (Mt 9.32,33; 10.18; Mc 6.13)

d) O poder dos demônios sobre o corpo humano

i) Podem causar mudez (Mt 9.32,33)
ii) Cegueira (Mt 12.22)
iii) Loucura (Lc 8.26-35)
iv) Cólera e homicídio (1Sm 18.10,11; 19.9,10)
v) Mania de suicídio (Mc 9.22)
vi) Uma vez de posse dum corpo, podem sair e entrar à vontade deles (Lc 11.11-26)

e) Destino

i) Alguns que eram livres na época de Cristo foram lançados no abismo (Lc 8.31)
ii) Alguns, agora confinados, serão soltos durante a tribulação (Ap 9.1-11; 16.13,14)
iii) Serão para sempre lançados com Satanás no lago de fogo (Mt 25.41)

Nenhum comentário:

Postar um comentário