segunda-feira, 9 de novembro de 2009

O SÁBADO DO ADVENTISMO


Argumentam os sabatistas: Você gostaria de ter outro deus diante de Deus? Curvar-se diante de imagens, ou tomar o seu Santo nome em vão? Não desejam vocês honrar seus pais? Ou querem matar alguém? Cometer adultério, furtar, testemunhar falsamente, cobiçar? E aguardam então a sua resposta que, obviamente, é: Não! . Então perguntam: Por que então você não guarda o sábado, se o mesmo faz parte do corpo dos Dez Mandamentos?

Respondendo a esse questionamento, lemos Mateus 12.5, onde encontramos o seguinte relato: Ou não tendes lido na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?

Fazemos, então, aos sabatistas, as mesmas perguntas que fizeram a nós: Os sacerdotes no templo podiam ter outro deus diante de Deus e ficar sem culpa? Curvar-se diante de imagens, ou tomar o seu Santo nome em vão e ficar sem culpa? Podiam desonrar seus pais? Ou matar alguém? Cometer adultério, furtar, testemunhar falsamente, cobiçar e ficar sem culpa?

Todas as respostas a essas questões seriam não, os sacerdotes não podiam cometer nenhum desses delitos dentro do templo. Entretanto, quanto ao sábado à resposta seria um sonoro SIM, ou seja, o texto mostra a legalidade ritualística do sábado e sua dissociação com relação à ética e a moral.

Jesus, como Senhor do sábado, isto é, com autoridade para determinar qual o grau de culpabilidade de quem trabalha no sábado (como na acusação que os judeus faziam dos apóstolos), declarou: Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes (Mt 12.7).

Ademais, não estamos debaixo do Antigo Concerto (Hb 8.6-13). O sábado foi abolido (Os 2.11; Cl 2.14-17) – embora os adventistas digam que a palavra sábados em Cl 2.14-17 se refira aos sábados de cerimônias anuais, denominados festas (Lv 23.37).

Os próprios adventistas declaram que as palavras sábado, (singular), sábados (plural) e a expressão dia de Sábado aparecem no Novo Testamento 60 vezes. Em 59 casos eles admitem que se trata do sábado semanal, mas negam essa interpretação somente em Cl 2.16.

Se, pois, conservarmos o sentido de sábado semanal em Cl 2.16, teremos o apoio de 59 referências bíblicas. Corroborando o nosso ponto de vista, diz Samuele Bacchiocchi, escritor adventista: Um outro significado argumentado contra os sábados cerimoniais ou anuais é o fato de que estes já estão incluídos nas palavras ‘dias de festa’, positivamente que a palavra SABBATON, como é usada em Colossenses 2.16, não pode se referir aos sábados festivos, anuais ou cerimoniais (...). ( From Sabbath to Sunday. Samuele Bacchiocchi. Biblical Perspectives. 1987. P. 358-359).

Vemos, assim, que a doutrina adventista é que determina sua compreensão dessa passagem, sem consideração às evidências lingüísticas e contextuais e contra as regras de hermenêutica bíblica. O sábado, como de resto, todas as instituições do culto no Antigo Testamento, foram sombra ou símbolo preparatório de bênçãos da salvação presente e futura em Jesus Cristo. (Extraído da Bíblia Apologética)

Fonte: CENTRO APOLOGÉTICO CRISTÃO DE PESQUISAS - CACP

9 comentários:

  1. porque então somente o 4º mandamento foi abolido e os demais não, e porque logo o 4º que indentifica o criador; e se foi abolido , qual é o dia do senhor agora visto que o domingo não pode ser, pois além do domingo ser o dia do sol que é o deus baal , não encontramos nenhuma referencia na bíblia e nenhuma ordem de Jesus para guarda-lo. desejo uma explicação.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Edvan. Obrigado por seu comentário. Respondo textos de minha autoria. Sinta-se à vontade para expressar suas idéias aqui. Quanto às explicações, a fonte foi divulgada.

    ResponderExcluir
  3. Prezado Eliel
    Seu comentário sobre o sábado é bem justificado, é uma maneira de raciocinar para justificar a guarda de um dia não consagrado por Deus e desta forma possibilitar estar com a maioria. Vendo outros comentários sobre o mesmo assunto descobri que os demais mandamentos são validos para os evangélicos dominicais, menos o sábado. Com base na forma de apresentar os mandamentos descobri que para estes são apenas nove e não dez os mandamentos, vejamos a base utilizada:
    1) “Não terás outros deuses diante de mim” (At 14.15);
    2) “não farás para ti imagem de escultura” (1 Ts 1.9; 1 Jo 5.21);
    3) “não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão” (Tg 5.12);
    4) “Lembra-te do dia do sábado para o santificar” (não mencionado no NT);
    5) “honra teu pai e a tua mãe” (Ef 6.1);
    6) “não matarás” , (Rm 13.9);
    7) “não adulterarás”, (Rm 13.9);
    8) “não furtarás”, “(Rm 13.9);
    9) “não cobiçarás” (Rm 13.9);
    10) “não dirás falso testemunho” (Cl 3.9).”
    Jesus foi acusado em um sábado de transgredir o próprio sábado, nesta ocasião no NT o próprio Jesus diz “O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado. Assim o Filho do homem até do sábado é Senhor. (Mc 2:27-28). O próprio criador do sábado ensina no NT que o sábado não é um fardo e sim muito deleitoso, isto porque os judeus criaram mais de 80 regras para o dia do sábado e não Deus. Jesus mostrou que o sábado é um dia criado e separado para as bênçãos do próprio homem.
    Para provar que o sábado é um dia abençoado por Deus para beneficio do homem, faça uma experiência real, guarde o domingo, ou qualquer outro dia da semana, assim como está escrito no quarto mandamento, ou como o profeta Isaias em Isaias 58:13-14 13 “ Se desviares o teu pé do sábado, de fazeres a tua vontade no meu santo dia, e chamares ao sábado deleitoso, e o santo dia do SENHOR, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falares as tuas próprias palavras”, 14 “Então te deleitarás no SENHOR, e te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó; porque a boca do SENHOR o disse”.
    O sábado foi feito para o homem, é um dia literal feito para descanso assim como a noite também é, pois se alguém trabalha no período noturno e descansa de dia está contra as leis biológicas do ser humano, fora do ciclo, assim quando descasares no sábado notarás que este ato restaurarás suas forças físicas e intelectuais, no entanto perceberás que o descanso em outro dia qualquer foi um nada mais que um dia completamente perdido sem revigorar as forças.
    Eu não consigo ver a guarda do sábado fora do decálogo, e você consegue? Então porque justificar a guarda do domingo com tantos argumentos baseados com textos fora do contexto?

    Desejo para você as mais ricas bênçãos de Deus.

    ResponderExcluir
  4. Olá pastor, interessante esse estudo mais, tenho umas perguntas ao senhor, amado pastor em Cristo:
    "Se o Sábado semanal só foi cobrado por Deus pelo povo do Sinai com Moisés,(Sendo que o Deus que apareceu a Moisés na sarça era o Deus de Abraão...)Isto quer dizer que os patriarcas trabalhavam todos os dias, não tendo nenhum dia de descanço? De novo a bíblia respalda que o sábado vai ser observado na Nova terra e no novos céus. Isaías 66; 23. Pois Deus: fez o sábado na criação do Eden, ou no Sinai? Pois se o Sábado semanal foi mesmo abolido na cruz por Cristo; qual é o dia do Senhor e de descanço para nós hoje, visto que só Israel recebeu esse privilégio de ter um dia de descanço, vamos trabalhar todos os dia ? Porque o mundo inteiro sabe que nas escrituras não há referencia para o domingo por causa que não foi Jesus quem o instituiu mais sim Constantino:

    "Que os juízes e o povo das cidades, bem como os comerciantes, repousem no venerável dia do sol; aos moradores dos campos, porém, conceda-se antender livre e desembaraçadamente aos cuidados de sua lavoura, visto suceder freqüentemente não haver dia mais adequado á semeadura e ao plantio das vinhas, pelo que não convém deixar passar a ocasião oportuna e privar-se a gente das provisões deparadas pelo Céu." --- Corpus Juris Civillis Cord. Liv. 3, Tit. 12, 3.

    "Observamos o domingo em vez do sábado, porque a Igreja Católica no Concílio de Laodicéia (321/364 d.C.) transferiu a solenidade do Sábado para o domingo". --- The convert' Catechism of Catholic Doctrine, Rev. Peter Geierman, C.S.S.R., pág. 50 - terceira edição, 1913, obra que recebeu a bênçao apostólica do Papa Pio X, em 25 de Janeiro de 1910, (Grifos Meus).

    "Pelo próprio ato da mudança do dia de descanço para o domingo, o qual todos os protestantes aceitam; e portanto, contradizem-se positivamente, observando estritamente o domingo, e violando a maioria dos outros dias de festa ordenados pela mesma igreja." --- Abridgment of Christian Doctrine, Rev. henry Tuberville, D.D. do Douay College, França, 1649, pág.58. (Grifos Meus).

    Visto estarmos obedecendo um mandamento da Igreja que se chama espiritualmente (Sodoma e Egito; ou, Babilônia e Roma) ICAR.

    Será?

    Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  5. Olá, meu nome é Alex e sou seminarista. Quero fazer algumas perguntas para os supostos guardadores do sábado e também inteirá-los da história pois vejo que os mesmos, na tentativa de justificar a guarda do sétimo dia como preceito em vigor ainda hoje para os cristãos, menosprezam a própria história.
    1)onde se acham nas escrituras o texto ou versículo mostrando Deus dividindo sua lei em duas: Moral e cerimonial? Jesus disse em Mateus 4:4 " Nem só de pão viverá o homem mas de toda a palavra que sai da boca de Deus" Observe; "da boca de Deus" porventura saiu da boca de Deus esta ordem para se dividir a lei em duas como ensinam os adventistas?
    2)Colossenses 2:14-17 nos diz que não podemos ser julgados por coisa alguma nem mesmo pelo sábado. Os adventistas e outros grupos guardadores do sábado dizem que neste texto a expressão "sábados" se referem aos sábados anuais, mas como, se Paulo já havia usado a expressão "dias de festa"? Será que Paulo cometeu uma redundância? Certamente que não.
    3)Onde diz que os "Patriarcas" guardaram o sábado? Ensinar isso em uma classe de escola bíblica ou em qualquer outro lugar como verdade absoluta é acrescentar coisas na bíblia, o que é veementemente proibido (Pv 30:5-6 / Deuteronômio 4:1-2)
    4)Jesus resumiu toda a lei em duas partes apenas: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo ( Mateus 22:38-39). Estes dois mandamentos estão fora do decálogo e estão segundo os guardadores do sábado na lei cerimonial. pergunto então, estamos livres de amar a Deus e ao próximo? Claro que não. A lei consistia em 613 mandamentos e não apenas 10.
    Os guardadores do sábado se vangloriam de obedecer aos 10 mandamentos, mas ferem um dos mandamentos do Senhor Jesus(debaixo de sua lei estamos)quando este diz: Não julgueis e não sereis julgados... ( Lucas6:37). Em Romanos 10:4 Paulo diz: "O fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê" e não adianta dizerem que esta lei se refere a lei cerimonial, pois como disse, esta divisão não partiu de Deus. E os próprios sabatistas reconhecem isso quando dizem na Lição da Escola Sabatina, p.18, 1980, CPB " A divisão da lei em 1) Moral, 2)Cerimonial, 3)Civil, 4)Estatutos e Juízos e leis de Saúde é artificial...
    Quanto a guarda do domingo, não foi Constantino que a "inventou". ele apenas promulgou algo que já acontecia. Os cristão se reuniam para culto no 1º dia da semana , isso é incontestável. Qualquer estudante sério da bíblia percebe isso. È a própria Bíblia que fala deste dia em Salmos 118:24: "Este é o dia que fez o Senhor, regozigemo-nos e alegremo-nos nele" Que dia é este? O Domingo, ou o dia da ressurreição de Cristo. Dizer que quem guarda o Domingo (Sunday em inglês, ou dia do Sol) é pagão, como alguns sabatistas dizem, é atirar no próprio pé por que Sábado em inglês é Saturday ou dia de Saturno ( Daí a palavra Saturnais ou cultos regados com orgias) Finalizando minhas ponderações, sou livre, livre para servir ao meu Senhor e Salvador todos os dias da semana e ninguém pode dizer por aí que não sou Cristão pois Jesus me salvou com seu sangue na cruz e eu sou dele. Finalizo com Gálatas 5:4 ( quem quizer ler, que leia) Que Deus abençõe a todos.

    ResponderExcluir
  6. VAMOS GUARDAR O SABADO ESTA DIZENDO CLARAMENTE NA BIBLIA SO NÃO VER QUEM NÃO QUZER, pastor elielgaby porque voce mente para este povo! você leu e sabe a verdade todos saberão que o sabado Deus o dexou para que nos os guardemos pois nesse dia Deus deixou para termos total comunhão com Ele , nos podemos trabalhar para ajudar ao proximo pode sim curar pois eu estarei ajudando ao proximo e se eu andar nesse dia que seja para min pregar pois assim não estarei fazendo nada para meu proprio crecimento e sim para meu crecimento espiritual...

    Fique do ldo certo voce conhece toda verdade antes que a porta da graça se feche!
    Deus abençoe a todos!!!!

    Sou Adventista do Setimo Dia !!!! isso é otimo obrigado o DEUS!

    ResponderExcluir
  7. Prezada Alice. Obrigado por visitar este blog. Seu comentário foi o mais educado que recebi, por isso o publiquei. Imagine o que os adventistas dizem pra mim.

    ResponderExcluir
  8. caro pastor
    sou guardador do sabado e não vejo nenhum incomodo em guardar esse dia se eu o guardo como esta na lei de Deus não estou a cometer pecado mais se eu não o guardar e esse for o verdadeiro selo de Deus estarei sendo condenado em negligenciar suas palavras.
    então prefiro guardar os sabados fazendo o que é bom assim como ensinou o Senhor Jesus não tem mal nenhum enm ajudar o meu proximo
    o que ocorreria se no dia de sabado seu filho ficasse muito doente?
    voce o deixaria morrer ou o salvaria ?
    foi isso o que Cristo veio nos ensinar que fazer o bem nenhum mal tem no seu santo dia ja na epoca os Judeus em cima de 10 mandamentos fizeram 1000.
    adoravam o Dia do Senhor e não o SENHOR no seu dia O santo SABADO
    um forte abraço

    ResponderExcluir