terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Parábola do Muro



Havia um grande muro separando dois grandes grupos.

De um lado do muro, estavam Deus, Seus anjos e pessoas leais a Jesus. Do outro, satanás, seus demônios e todos os humanos que não servem a Deus.

Em cima do muro havia um rapaz, indeciso, porque, embora tivesse sido criado num lar cristão, agora estava em dúvida se continuaria servindo a Deus ou se aproveitaria um pouco os prazeres do mundo.

Sem iniciativa, ouvia o grupo do lado de Deus gritar, sem parar:

- Ei! Desça do muro agora! Venha para o lado de cá!

Já o grupo do inimigo não gritava e nem dizia nada. Essa situação continuou por um tempo, até que o rapaz, inerte, resolveu perguntar ao diabo:

- Por que o grupo do lado de Deus fica o tempo todo me chamando para descer e ficar do lado deles, enquanto você e seu grupo não me chamam, nem dizem nada para me convencer a descer e ficar do lado de vocês?

Grande foi sua surpresa quando satanás respondeu:

- É porque o muro é meu.

(Autor desconhecido)

Nenhum comentário:

Postar um comentário